segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Dias de GRATIDÃO! Imbolc, Oimelc, Oímealg e a força de Brighit!!!

Fonte da imagem: http://www.owlsdaughter.com/wp-content/uploads/2012/02/Brighde-%C2%A9%C2%A0Stuart-Littlejohn.jpg
(...) 
Saúdo os céus e me conecto aos mistérios do que está acima de mim
Celebro a Terra e me entranho em seus segredos mais profundos
Saúdo os deuses e as deusas
que prepararam a terra para que aqui eu estivesse
Reverencio os ancestrais desta terra Hy-Brasil
que tão abertamente receberam e acolheram os ancestrais da minha terra
numa coexistência harmônica de egrégoras
Entro em conexão, saúdo, celebro e reverencio meus ancestrais 
Na força do clã me me trouxe até aqui
Heya!
(...)

O número três sempre foi significativo tanto para a o mundo mágico, quanto para a cosmogonia celta, representando a eternização do ciclo de vida e morte que, a rigor, é a base de compreensão dessa cultura tão vivificada. 

Os festivais de roda de colheita duravam três dias nos quais as celebrações renovavam votos de alegria, esperança e, sobretudo, gratidão, por isso aglutinavam toda sorte de atividades compartilhadas pelo clã. Por essa razão, costuma-se comemorar as datas festivais em tríade, a exemplo da celebração do dia 02 de fevereiro


Fonte: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com
Esse dia marca o início das festividades de Imbolc na roda do norte, também conhecido como Oímealg ou, ainda, Oimelc, referências gaélicas para "leite de ovelhas" ou "sacola ou bolsa de manteiga", numa referência direta à lactação, fonte primária de vida.

Lembra a abundância das sagradas tetas da nutriz forte que sobreviveu ao intenso inverno para garantir aos filhotes a poderosa alimentação que os sustentará. 

Na cultura celta, Oimelc significa "lactação", evidenciando a importância que a alimentação traz para o desenvolvimento da cria, na promessa de, um dia, tornar-se um adulto poderoso e saudável. 

Eis a razão pela qual essa data nos remete à ESPERANÇA, sendo uma data alegre de renovação das expectativas!

A data de celebração honra a grande e popular deusa Brighid, Brigit, Bríd, Bríde, Bridget, Brighit ou Briid, coincidindo com o chamado "pico do inverno", ocasião em que a incidência do Sol começa a afastar, pouco a pouco, a sombra do inverno. 

Nessa época do ano a luminosidade é linda, pois as cores ficam mais intensas, preparando-nos para o espetáculo primaveril que está por vir.

O Sol ainda não desponta com a plenitude de sua força, mas, de contraponto, já começa a afastar a escuridão. Data do despertar das sementes no solo, bem como do aumento da atividade lactante para o provimento das reses e demais filhotes. 



Nesse dia cultuamos Brid, deusa tradicionalmente cultuada em honra à fertilidade, cura, fogo e inspiração (poesia). Brighid é a padroeira dos ferreiros, artesãos quase míticos, cuja atividade era vista como a própria personificação da criação - já que o fogo conjuga o sopro da vida.

Tempo de cardápio auspicioso, bem rústico e forte, pois o final do inverno, a despeito de despertar o calor, ainda traz consigo a brisa fria que demanda chama ao coração e estômago. Bebidas e comidas regadas a leite e manteiga são a tônica desse dia tão alegre e especial.


O microclima de Brasília - ainda que em pico de verão - permite a proximidade com a egrégora do norte, já que estamos em estação de chuva, umidade em alta e quedas de temperatura. 

Tempo de abertura do círculo, com a convocação da egrégora ancestral e o toque do tambor marcando o pulsar dos corações batendo em sintonia. 



Fonte da imagem: http://3.bp.blogspot.com/
Brighid cura e inspira, elevando a frequência da casa e de nossos corações. 

Na Irlanda - reza a lenda - um fogo era alimentado em Kildare por 19 freiras e, em 02 de fevereiro de 1962 (QUINTINO, 2002, p. 74), a freira brigediana Mary Minehan acendeu o fogo perpétuo. Eis o motivo pelo qual anualmente é feita a procissão de Brighit, na qual acendemos as velas que guiarão e celebrarão a esperança e o acalento. É tempo de plantar sementes dos projetos, daquilo que desejamos desenvolver para o futuro.

Confeccionamos cruzes de Brighit em silêncio e em profunda concentração de propósitos, agregando nossas intenções para todo o ano. Imantamos na cruz nossos desideratos, elevando as estimas para a elaboração de uma egrégora saudável de criação de propósitos.  


Selecionei um tutorial hispânico para que possam observar a riqueza de detalhes nesse artefato que, ao mesmo tempo, é singelo, complexo e fácil de elaborar. A fonte do vídeo acima: https://www.youtube.com/watch?v=WCyoJEV8jr4. 




Queimamos, por outro lado, a cruz do ano que passou, percebendo e sentindo no crepitar das chamas  a lembrança do desapego,na antiga cruz desaparecendo em meio ao fogo de nossas lareiras. 

Estar ao lado de amigos e amigas, bem como de nossos familiares, é a melhor maneira de celebrar Brighid e a dignificação da arte, da cura, da poesia e do amor. 

Por mais que não seja, a rigor, uma deusa que personifica o amor romântico, ela, por certo, agrega a amorosidade, sendo sempre lembrada por isso, já que também é guardiã das grávidas.

Com isso, desejo a todos e a todas que possam haurir da Terra os futuros ganhos. 


Que as sementes plantadas nasçam e renasçam, com a renovação das esperanças de um novo ciclo que está a despontar em nossos horizontes e corações. 

Que ano seja marcado por júbilo em nossas vidas!
"Que a estrada se abra a sua frenteQue o vento sopre levemente suas costasQue o sol brilhe morno e suave em sua face,Que a chuva caia de mansinho em seus campos...e, até que nos encontremos de novo, Que os deuses lhe guardem na palma de suas mãos..."
Fáilte, Imbolc!

Fáilte, Oimelc!

Fáilte, Oímealg!




2 comentários:

  1. SEMPRE é um privilégio e uma bênção ler seus textos, não apenas pela qualidade/profundidade com que os temas são tratados, mas também pela beleza do formato e estrutura. Sua dedicação, boa-fé e boa vontade honram (e muito!) a Antiga Tradição, o que só (me) faz sentir a alegria da renovação.

    HO!!!

    ResponderExcluir
  2. Querido Marco,
    O privilégio é meu em fazer parte de sua senda, pois sua linda trajetória sempre inspira à superação!!!
    Ho!
    \o/

    ResponderExcluir