quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

\o/ Dias mágicos: a expansibilidade da QUINTA-FEIRA \o/

Deus Thor
Fonte da imagem: http://moly.hu
Salve, salve, quinta-feira, fecundo dia de expansão! 

Dividido entre Júpiter (Roma), Zeus (Grécia) e Thor (países nórdicos e escandinavos), o dia de quinta-feira marca, de uma forma, ou de outra, força, prosperidade e expansão. 

Quer seja Jueves (espanhol), giovedi (italiano), jeudi (francês), xoves (galego), a reverência é Júpiter. Já em thursday (inglês), torsdag (dinamarquês e sueco),  e donderdag (holandês), a homenagem é a Thor.

Comecemos por Júpiter/Zeus, deidade conectada à fortuna, expansão, sucesso, prosperidade, sorte, riqueza, felicidade, aperfeiçoamento, posses, justiça, honra e generosidade. 

Ao contrário de quarta-feira, que marca negociação no trato financeiro, a quinta-feira reserva, pura e simplesmente, o sucesso incondicional, a vitória e a conquista (sem requisitos ou pactos).

A partir do panteão nórdico e escandinavo, a figura mítica de Thor nos leva à força primeva e ancestral de criação e destruição, sem deixar de mencionar a relação desse deus com os raios e o trovões, além da cura e da fertilidade. 
Deus Dagda
Fonte da imagem: https://fenixdefogo.files.wordpress.com/

Na ancestralidade celta, dia consagrado a Brighit (cura, proteção, poesia e ourivesaria e ao fogo), bem como a Danu, a personificação da Terra (prosperidade, aterramento, foco, criação), Tailtu (vida, abundância e prosperidade), Dagda (o bom e supremo deus celta da prosperidade, fertilidade e sabedoria), Taranos (deus gaulês dos raios) e Cernunnos (fertilidade, sexualidade e espargimento).

Cernunnos
Fonte da imagem: http://orig01.deviantart.net/2ee1/f/2011/048/c/e/cernunnos_by_purplefaerey-d39r027.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário