terça-feira, 10 de junho de 2014

Esbat, sexta-feira 13 e Mercúrio retrógrado: haja fôlego para tanta configuração!!!

Fonte da imagem: http://soprosolar.blogspot.com.br/

Depois dos ânimos arrefecidos por conta do início das festividades da Copa do Mundo de 2014, dia 13, sexta-feira, traz uma miscelânea de situações convergentes de importante expressão para o mundo mágico e astrológico. 

Primeiro, a velha mítica de que se cerca a noite da sexta-feira 13, sempre associado a reuniões, sabbats e idiossincráticas festividades atribuídas às bruxas, quase todas ligadas a voos em vassouras ou, ainda, a formação de círculos de poder. 

O número 13, reduzido ao 4 (1+3) na numerologia pitagórica, relaciona-se à praticidade, bem como ao espírito de organização e sistematização, revelando a natureza de pessoas firmes, decididas, proativas e dotadas de sentimento de pragmatismo e, acima de tudo, atitude. 

Aliás, estabilidade, firmeza, segurança e ordem são as palavras que representam bem o número 4 (quadrado, desenho geométrico que marca tal estabilidade). Ligado intrinsecamente ao elemento Terra, bem como ao amarelo, vermelho e ao laranja, cores que bem expressam tal relação, suscitando, ainda, o lado racional, bem como o conservadorismo e, em certo sentido, o conformismo em relação à manutenção de rotinas.

Número também relacionado ao trabalho, à jornada intensa, bem como ao sentimento de merecimento em função da dedicação, o número quatro expressa as atividades práticas e que exigem esforços. Fidelidade, lealdade, honestidade e sentimento de justiça são características do número quatro, que marca a natureza de pessoas que sempre estão dispostas à dedicação total, digna de uma devoção clânica. 

Sexta-feira, dia de Vênus (panteão romano), Afrodite (panteão grego), Freya (panteão nórdico) ou, ainda, Brighit ou Morrighan (dependendo de qual faceta do amor estamos referendando). Cernunnos igualmente é reverenciado nesse dia, por ser o contraponto celta ao arquétipo do amor (não compreendido, contudo, no sentido romântico do termo, mas, antes, na visceralidade do que a relação sexual tem de pulsão).

Retrógrado desde o dia 07 de junho, Mercúrio nos encaminha para a incerteza, a indecisão e a dúvida no que diz respeito às decisões, ficando assim até o dia 1o. de julho. Por conta disso, a prudência sempre aponta a necessidade de adiamento de tomada de decisões, por meio da atitude reflexiva de amadurecimento das ideias até a virada astrológica. 

Além disso, até o dia 20 de junho, Marte estará em quadratura com Plutão, potencializando, ainda, a energia de Urano em uma explosiva mistura a desencadear irritabilidade, crises e desavenças, motivo bastante para que possamos nos observar mais e administrar a conturbação.

Estou pensando no Esbat dessa sexta-feira, data auspiciosa para trabalhar atributos relacionados à prosperidade, fecundidade, ao trabalho bem como à superação de paradigmas obsoletos - por meio da construção de novas metas e potencialização dos atributos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário