quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Diante da contumácia da mediocridade não é possível comprar qualquer batalha. No atropelo de quem muito fala - sem conteúdo latente para suportar o ônus existencial de ouvir o que provoca e produz - o silêncio pelo silêncio (e não pela crística da pseudo tolerabilidade) ainda é um manjar dos deuses...

Nenhum comentário:

Postar um comentário