segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Preparando a chegada do Solstício de Verão...

Acordei embalada pelos bons auspícios do Solstício que se aproxima, circundado pela Lua Cheia que também marcará sua presença num dia muito especial para deixar o ciclo de Ostara para trás.

Pouco a pouco, o Sol magnífico, desponta no horizonte, acalentando, cada vez mais, nossa Terra sagrada, lembrando que o fogo aquece e abraça o coração de quem se sente desolado, acomodando em seu afago a alma dos que desejam apenas mais um dia de luz.

Trata-se do dia mais longo do ano, marcando a plenitude do Deus que, adulto, torna-se pai e poderoso. Esta plenitude marca, o apogeu de um ciclo que se completa, mas também traz o declínio proeminente, pois o Deus fertilizador abraça a amada pela última vez, para se dirigir ao País do Verão em Samhaim.

Mesmo com a chuva de verão em meio ao cerrado, o tempo é de Sol, de calor, de felicitações e celebrações. A festividade está pairando no ar, rondando as casas dos nobres membros dos clãs de luz, comemorando a virada da roda da vida para a chegada da Festividade Solar de Litha...

Como festival solar, não pode faltar alimentação farta, quente, picante, regada pela coloração amarela, laranja e vermelha - cores presentes no espectro do Sol. Bebidas temperadas e refrescantes, como a boa sangria galega, não podem faltar nessa noite de espetáculo e luz. Para tanto, muitas velas, muita energia, muita paz e muitos projetos a serem realizados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário